Provisionamento financeiro: entenda o que é e como ele ajuda na gestão financeira da sua empresa

Você sabe o que é provisionamento financeiro e qual a sua importância para a saúde das finanças da sua empresa? Pois agora é a hora de aprender mais sobre esse assunto. 

Elaboramos este conteúdo especialmente para você entender como fazer o provisionamento financeiro de forma correta e compreender porque ele é fundamental para quem deseja expandir os negócios. Acompanhe!

O que é provisionamento financeiro

O provisionamento financeiro é uma variação no patrimônio da empresa que irá gerar uma despesa para a organização no futuro. Em outras palavras, ele envolve a definição de eventos e situações que provocarão o aumento das obrigações financeiras (passivos) e a diminuição dos bens e direitos da empresa (ativos). 

Podemos dizer que o provisionamento financeiro é a estratégia de cobrir gastos que vão acontecer ou que têm grandes chances de acontecer na empresa, estimando os valores que deverão ser economizados para que possam ser utilizados no futuro. 

Seu objetivo é garantir que a saúde financeira da empresa não seja comprometida por dívidas que já são esperadas, como pagamento de impostos,  pagamento de 13º salário e férias dos colaboradores etc.

Por fim, cabe destacar que existem duas principais modalidades de provisionamento financeiro, que são:

Provisionamento para exigibilidades  

Todas as obrigações da empresa, como provisões para gratificações de empregados, provisão para 13º e encargos, provisão para férias e encargos, provisão para imposto de renda e provisão para contingências.

Provisionamento de perdas no ativo 

Estimativas de prováveis perdas da empresa ao realizar um novo investimento ou ao adequar o custo de bens do ativo ao valor de mercado.

Qual a diferença entre previsão e provisionamento financeiro

Muitos empreendedores acreditam que previsão e provisionamento financeiro são coisas semelhantes, mas a verdade é que essas duas práticas expressam ideias diferentes.

A previsão financeira é uma estimativa futura do que acontece nas finanças do negócio e é essencial para a criação de orçamentos e projeções do futuro.

Já o provisionamento financeiro é uma reserva de dinheiro que a empresa precisa ter para assegurar o pagamento de dívidas futuras que já foram previstas. 

Porque fazer provisionamento financeiro

Mas afinal, por que fazer o provisionamento financeiro e por que ele é tão importante?

Pois bem, o gestor de uma empresa precisa saber quanto a empresa irá gastar no futuro, isso é fundamental para que possa tomar decisões e planejar os próximos passos do negócio. 

Quanto a empresa poderá investir em marketing? Quanto poderá gastar com a compra de novos equipamentos e cursos de capacitação de colaboradores? Quanto tem disponível para contratar novos membros para a equipe de vendas? Todas essas respostas vão depender do planejamento do provisionamento.

O provisionamento é responsável por:

  • proteger as reservas financeiras
  • garantir a estabilidade
  • prevenir riscos desnecessários
  • auxiliar na tomada de decisões sem comprometer o futuro da empresa.

Ou seja, sem provisionamento fica praticamente impossível para a empresa investir em qualquer coisa visando ao seu crescimento, sem comprometer sua saúde financeira

Quando fazer provisionamento

O provisionamento é uma reserva de dinheiro que as empresas precisam ter para assegurar o pagamento de algumas dívidas futuras que já foram previstas, certo? Mas quando ele deve ser feito é uma dúvida muito comum. E a resposta é que o momento certo de fazer o provisionamento vai depender de cada situação em particular.

Se você sabe que a empresa terá uma grande despesa daqui a dois anos, você não precisa fazer todo o provisionamento agora. Você pode ir reservando o dinheiro aos poucos, guardando um pequeno valor durante os próximos 24 meses.  

Se a dívida precisa ser quitada mensalmente, o cálculo deve levar em consideração o histórico da empresa e, no começo de todos os meses, o valor equivalente deve ser reservado. 

Já se a dívida mensal varia a cada mês, a provisão deve considerar o valor médio. 

Como fazer provisionamento financeiro de forma correta

Se você deseja fazer um provisionamento de forma correta, é importante que analise estes três pontos fundamentais:

  • precisa ser uma obrigação como resultado de um evento passado
  • deve existir uma saída de recursos para que a provisão seja liquidada
  • a estimativa do valor deve ser feita com confiabilidade.

Um exemplo? Para fazer o cálculo da provisão de férias, você deve contabilizar mensalmente como despesa 1/12 avos de férias de todos os colaboradores com base no salário atual. Afinal, a cada mês que passa, o colaborador tem o direito de receber férias proporcionais, então a empresa tem a obrigação de ter verba para realizar esse pagamento.

E atenção: como há gastos que sempre tendem a aumentar, é preciso pensar o provisionamento já considerando um pequeno aumento neste tipo de despesa, para que a empresa não seja pega de surpresa no futuro.

Como a tecnologia ajuda a fazer o provisionamento financeiro

Você deve ter percebido que é importantíssimo que as estimativas dos gastos sejam feitas com o maior índice de confiabilidade possível. Só assim é possível evitar problemas no pagamento das dívidas futuras e garantir o equilíbrio das finanças das empresas, independentemente do setor de atuação.

E para que os donos e gestores tenham toda a segurança e assertividade necessária, é importante contar com serviços de contabilidade e ferramentas que auxiliem na visualização de todos os gastos do negócio.

Assim, nada mais natural do que a utilização de um software integrado de gestão, os conhecidos ERPs, que permite realizar o lançamento prévio dos pagamentos estimados.

Sistemas como o Hábil 10 atualizam automaticamente o financeiro e o fluxo de caixa, até que seja formalizado o compromisso através do pagamento do título. O que simplifica o trabalho quanto à provisão de pagamentos em sua empresa, tornando todo o processo mais eficiente, rápido e confiável.

Se você quer manter a gestão das finanças da sua empresa em dia, evitar “surpresas” com dívidas não provisionadas e facilitar a rotina do seu negócio, acesse nosso site e conheça todos os recursos do nosso software para o controle de finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *