A gestão financeira de uma empresa é a base fundamental para o seu perfeito funcionamento. Por mais que o negócio seja rentável e lucrativo, uma má gestão dos recursos pode comprometer toda a sua estrutura e levá-lo à falência. 

São tantas as ferramentas e princípios fundamentais que devem ser observados para que a gestão financeira seja feita de forma eficiente que muitos donos e administradores acabam ficando perdidos e cometem erros que poderiam facilmente ser evitados.

Sim, ter um negócio não é fácil! É preciso ter conhecimento para manter as portas da empresa sempre abertas. Para ajudar você nessa missão, neste artigo listamos nove erros de gestão financeira que podem acabar com um estabelecimento. Acompanhe!

1. Misturar as finanças pessoais com as da empresa

Se você acompanha nossos conteúdos, você já sabe disso, mas sempre convém destacar.

Um erro muito grave que alguns empresários cometem é o de simplesmente não separarem as despesas pessoais da sua atividade comercial. Não é porque a empresa é sua que você pode sair fazendo o que quer e como quer.

Assim, nada de pegar dinheiro da empresa a qualquer momento para pagar contas pessoais. O recomendado é ter bem definido, desde o início, o valor do pró-labore e a data de retirada dessa quantia.

E claro, uma parte do lucro deve ser investida na empresa para que ela continue crescendo. 

2. Não fazer planejamento financeiro 

Se não fazer um planejamento financeiro das suas contas pessoais já é um problema, imagine quando estamos falando de uma empresa? 

Se você não faz o planejamento financeiro do seu negócio fica difícil saber como e onde investir, por exemplo. Sem falar no perigo de contrair dívidas impossíveis de serem quitadas e de tomar decisões completamente equivocadas que podem levar a empresa à falência.

3. Não controlar as contas a pagar e a receber 

Para uma boa gestão financeira é imprescindível que você conheça todos os prazos e datas de pagamentos e recebimentos. 

Registre todos os prazos e estabeleça suas prioridades de pagamento, dando especial atenção àquelas que implicam em juros mais altos quando não quitadas dentro do prazo.

Já quanto aos recebimentos, saber quando entrarão os pagamentos é importantíssimo para manter o controle financeiro, uma vez que permite um melhor planejamento.

4. Não controlar o fluxo de caixa 

O controle do fluxo de caixa é outro ponto importante que você precisa prestar atenção se pretende manter as finanças da sua empresa nos trilhos. 

É por meio do fluxo de caixa que você conseguirá:

  • ter uma visão clara da situação financeira do negócio
  • saber exatamente o que entra e o que sai do caixa da empresa 
  • fazer projeções em médio, curto e longo prazo
  • tomar decisões mais assertivas.

Assim, crie uma rotina para acompanhar o seu fluxo de caixa, gerando relatórios mensais ou quinzenais. 

5. Não diferenciar custos e despesas 

Custos são os  gastos necessários para produzir que variam conforme o volume de vendas da empresa (salários, matéria-prima, entregas, estrutura comercial etc.). Já as despesas são os gastos fixos para manter a atividade da empresa independentemente do volume de vendas (aluguel, honorários contábeis, internet etc.).

É muito importante saber a diferença entre custos e despesas. Pois, se você focar os cortes nos custos, estará enfraquecendo a capacidade produtiva da empresa, pois são gastos essenciais para expandir os negócios. E claro, é preciso controlar as despesas da empresa para que não aumentem demais e comprometam o equilíbrio do negócio.

6. Não fazer gestão de estoque 

Gestão financeira e gestão de estoque andam de mãos dadas nas empresas que alcançam o sucesso. Por isso, crie o hábito de ficar de olho no estoque. 

Ter um estoque abarrotado de produtos faz com que você invista uma verba alta em curto espaço de tempo. No mais, você poderá ter problemas se o seu espaço for reduzido. Porém, se mantiver um estoque pequeno, poderá ter problemas de abastecimento e acabar perdendo vendas. 

Ou seja, é fundamental que você mantenha um bom controle de estoque.  

7. Fazer a precificação dos produtos ou serviços de forma equivocada 

Uma situação muito comum é encontrar donos de empresas que vendem muito, mas que estão sempre se queixando de não ter dinheiro no caixa. Pois bem, isso acontece em razão dos cálculos equivocados relacionados ao preço dos produtos ou serviços.

Se você quer vender um produto ou serviço, precisa saber exatamente por qual valor ele deve ser vendido para que não tenha qualquer prejuízo. E para fazer a precificação correta é importante conhecer o valor das despesas fixas do seu negócio, a margem de lucro desejada e também pesquisar o preço dos seus concorrentes.

8. Não automatizar tarefas de gestão financeira

Não estamos mais na época dos desgastantes livros contábeis e isso é uma tremenda vantagem para as empresas modernas. Assim, com o uso das ferramentas adequadas é possível automatizar as tarefas de gestão financeira e controlar tudo com uma grande precisão. 

Tarefas como controle do fluxo de caixa, geração de boletos e conciliação bancária ficam muito mais simples quando automatizadas.

9. Não usar um software para gestão financeira

Quem está procurando fazer uma gestão financeira mais eficiente precisa de qualidade e agilidade, o que só é possível usando um software como aliado. Só ele é capaz de manter o controle de todas as finanças sem riscos de perda de dados no processo.

Com a tecnologia de um sistema de gestão, você poderá automatizar atividades do setor financeiro, estoque e administrativo, organizar sua empresa e reduzir ou mesmo eliminar erros. 

Optar por um software com recursos para gestão financeira impacta diretamente e de forma positiva no seu negócio.

Gostou das dicas? Então que tal descobrir todo poder do software da Hábil Empresarial e, assim, alcançar ótimos resultados desde o início do seu sonho de ter um negócio de sucesso? Conheça a solução para gestão financeira do Hábil 10 e veja como é fácil manter as contas da sua empresa em dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *