Descubra como a curva ABC ajuda na gestão de estoque

Você sabe o que é uma curva ABC ou como usá-la corretamente aí, na gestão do seu comércio? Se a sua resposta é “não”, continue a leitura deste conteúdo e descubra como essa técnica ajuda a controlar seu estoque, otimizar suas compras e melhorar os resultados do seu negócio.

O que é curva ABC

Método para classificação e organização de mercadorias de acordo com com seu grau de importância para os negócios de uma empresa, a curva ABC usa as três primeiras letras do alfabeto para nortear donos e gestores na categorização de seus produtos, considerando a seguinte lógica:

Produtos da categoria A

São os itens de maior prioridade, que precisam receber mais atenção, por conta do seu valor. É estimado que 20% dos produtos correspondam a 80% do valor de estoque de uma empresa.

Produtos da categoria B

São produtos que necessitam de cuidados intermediários, mas ainda assim são valiosos. A estimativa é que representam 15% do valor do estoque distribuído em 30% dos itens.

Produtos da categoria C

Itens considerados de baixa prioridade, pois seu impacto econômico na empresa é menor. Os produtos dessa classificação condizem, em média, a 5% do valor do estoque distribuídos em 50% da mercadoria.

Por analisar, classificar e organizar os produtos baseada no valor de consumo de cada item, a curva ABC ajuda muito na gestão e no controle do estoque, sendo muito útil para otimizar os processos dessa área que é tão estratégica para qualquer empresa.

Como a curva ABC ajuda na gestão do estoque 

A curva ABC é importante na gestão de estoque por diversos motivos, dentre eles vale destacar que essa metodologia permite:

  • identificar os itens de estoque que sofrem maior risco de roubo ou danos, e representam as melhores oportunidades de vendas
  • otimizar o emprego do tempo de donos, gerentes e outros funcionários responsáveis pelo estoque e pelo abastecimento da loja
  • alcançar quase 100% de precisão no armazenamento de produtos e mercadorias.

Quais os benefícios de usar a curva ABC no seu comércio

Por otimizar a gestão de estoque, o uso da curva ABC traz os seguintes benefícios para o negócio:

Priorização de produtos

Ao identificar quais produtos têm mais saída e maior valor para a empresa, fica mais fácil organizar a compra desses itens e aproveitar as oportunidades de venda que tê-los disponíveis gera. 

Mais controle

O uso da curva ABC garante melhor controle do estoque, especialmente da frequência de saída de cada item. O que permite identificar o aumento ou diminuição de demanda por certa mercadoria e poder agir estrategicamente.

Redução de riscos de roubos e fraudes 

Roubos e fraudes são um problema comum na gestão de estoque e eles podem ser reduzidos com a classificação e a organização promovidas pelo uso da curva ABC. 

Menos desperdício

A implementação do uso da curva ABC ajuda a diminuir desperdícios por reduzir o emprego de tempo e de recursos, e possibilitar a priorização dos itens mais importantes para o negócio.

Como fazer uma curva ABC

Veja, agora, um passo a passo de como fazer uma curva ABC:

Liste os itens em estoque

O primeiro passo para construir a curva ABC é identificar e listar todos os produtos que estão em estoque, determinando qual é o preço por unidade, a quantidade, o valor total e a sua descrição.

Reorganize o valor total

Em seguida, organize os itens em ordem decrescente, dos maiores valores para os menores. Considere o exemplo:

  • 10 itens X com valor unitário de R$ 150,00
  • 20 itens Y com valor de R$ 100,00
  • 70 itens Z com valor de R$ 20,00
  • 30 itens W com valor de R$ 40,00 
  • 5 itens V com valor R$ 200,00

A organização ficará:

  • X: R$ 1.500,00
  • Y: R$ 2.000,00
  • Z: R$ 1.400,00
  • W: R$ 1.200,00
  • V: R$ 1.000,00

Calcule o valor acumulado

O valor acumulado corresponde ao valor de um produto somado aos anteriores. Considerando o exemplo, ficaria:

  • Y: R$ 2.000,00
  • X: R$ 3.500,00
  • Z: R$ 4.900,00
  • W: R$ 6.100,00
  • V: R$ 7.100,00

Faça as porcentagens

Em seguida, transforme cada valor em porcentagem em relação ao valor total. Nesse caso, as porcentagens serão:

  • Y: 28,1%
  • X: 49,2%
  • Z: 69,0%
  • W: 85,9%
  • V: 100%

Defina as categorias

De acordo com as proporções indicadas, você deve classificar os produtos em A, B ou C. Arredondamentos são permitidos e, nesse exemplo, a classificação ficaria assim:

  • A: produtos Y, X e Z
  • B: produto W 
  • C: produto V

Em estoques com dezenas ou centenas de produtos diferentes a distribuição se aproxima mais dos valores 80/15/5.

Esperamos que nosso conteúdo tenha ajudado você a entender o que é e como fazer uma curva ABC. Quer ver outros textos que ajudam a melhorar a gestão do seu negócio? Siga acompanhando as publicações aqui, no blog da Hábil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *