Pensando em abrir uma padaria? Quer colocar este sonho em prática e garantir que ele seja um sucesso?

O mercado de alimentação move milhões de reais todos os anos. Por essa razão, ele acaba sendo um dos ramos de maior interesse de empreendedores ao redor do mundo.

Através dele, existem inúmeros nichos de atuação que possuem o potencial de um grande sucesso. 

Uma panificadora, por exemplo, pode ser um negócio extremamente lucrativo.

Mas para que esse investimento realmente dê um retorno financeiro positivo, é necessário fazer uma gestão que compreenda o setor financeiro e administrativo, sem deixar de lado a cozinha, o atendimento e o estoque da sua panificadora.

Quando se resolve abrir uma padaria o gestor se faz algumas perguntas. Como organizar uma padaria

Se você quer fazer este sonho virar realidade e se tornar um empreendedor de sucesso neste ramo, continue a sua leitura. 

Como anda o segmento de panificadoras?

No geral, o mercado das panificadoras é potencialmente grande.

Sua loja pode ter de centenas a milhares de potenciais clientes, logo na sua abertura. 

Esse número é ainda maior dependendo do volume de pessoas que passam no seu ponto de escolha.

Essencialmente, boa parte da população compra pães, bolos, enfim, produtos que geralmente são vendidos em padarias. E isso acontece praticamente todos os dias.

Sendo assim, este é um mercado no qual a demanda é sempre crescente, representando assim um excelente investimento.

Principalmente para quem deseja obter um retorno financeiro a curto prazo.

De toda a forma, avalie o mercado da cidade, e região onde você pretende atuar. Verifique a sua concorrência e o que ela anda oferecendo para o público.

Assim, é possível encontrar o diferencial de uma padaria, ou seja, o que vai fazer este negócio se destacar em meio a concorrência. 

Quais são os primeiros passos para abrir uma panificadora?

Os primeiros passos envolvem a busca por uma boa localização com um bom tráfego de pessoas à sua porta e uma boa análise do mercado regional do seu local de abertura.

Faça uma boa pesquisa, que envolva

  • Mercado, concorrência e público;
  • Há demanda?
  • Existem profissionais qualificados para trabalhar contigo?
  • Há alguma atração nova que você pode oferecer? Por exemplo: produtos sem glúten, sem lactose, veganos, etc. 
  • Qual é o diferencial que seu empreendimento pode explorar?

A partir disso é hora de juntar o que for necessário para iniciar suas atividades.

Não se esqueça de levar em conta os valores para as compras, reformas e até mesmo para as questões burocráticas. 

Por fim, defina uma estrutura que garanta uma boa produção, otimizando tempo e garantindo qualidade. 

A contratação de bons funcionários também é mandatória para bons resultados: principalmente quando falamos de atendimento ao cliente, que é uma das áreas de maior importância para o seu sucesso. 

Pontos que precisam de atenção especial do empreendedor:

Alguns dos pontos principais de atenção ao abrir uma panificadora está na observação de todas as questões burocráticas.

Como você já sabe, abrir um negócio no Brasil é um processo que pode ser demorado e custoso.

A legalização de uma padaria é uma questão que varia de estado para estado.

Portanto, não se esqueça de perguntar e tirar todas as suas dúvidas com um advogado ou com um outro empreendedor que já conheça “o caminho das pedras”.

Você deve obter todas licenças e autorizações da prefeitura para poder manter o seu estabelecimento livre de riscos e multas. 

A contratação e treinamento do seu pessoal também deve ser uma das suas prioridades.

Não se esqueça que quando falamos do ramo de alimentação, a qualidade do seu produto deve ser ímpar.

Inclusive, é a qualidade do seu produto que fará com que as pessoas deixem de comprar em outros estabelecimentos.

Aposte na qualidade de atendimento e dos seus produtos e consiga o sucesso que você deseja!

Como ponto final, nós não podemos deixar de ressaltar mais uma vez que você deve observar brechas no mercado das panificadoras para garantir ainda mais clientes (e o seu faturamento). 

Observe quais são os produtos em falta, e se possível, faça uma pesquisa de campo para saber o que é que as pessoas estão precisam e procuram em sua região.

Essas pesquisas normalmente garantem a diferença entre o sucesso e fracasso. Afinal, dados sempre foram melhores que as adivinhações, não é mesmo?

Para auxiliar na gestão, aposte em um ótimo Software de Gestão. Assim, fechamento de caixas, leitura de código de barras e estoque são serviços automatizados e melhores para você gestor, sua equipe e seus clientes. 

Não deixe o marketing de lado

Existem muitas estratégias de marketing para padarias. E a verdade é que você deve avaliar o quanto quer investir, e o seu público para escolher a melhor forma de investir em marketing. 

De toda forma, não deixe essa questão de lado. Esta é uma ótima ferramenta para captar e fidelizar clientes. 

Caso você esteja procurando por opções de baixo custo, considere o marketing digital, e esteja presente nas redes sociais.

Dessa forma, é possível promover o seu negócio, e garantir que você venda mais em sua panificadora.  

Plano de negócio para padarias!

O plano de negócio é diferente para cada empreendedor. Ele depende do seu capital e principalmente dos seus objetivos iniciais. 

Uma panificadora de pequeno porte certamente não tem a mesma intenção de um grande supermercado, portanto, é preciso atenção na hora de criar o seu plano de negócio.

Essencialmente ele deve conter todos os custos iniciais para preparar a infraestrutura para o seu funcionamento.

Fora os custos, o tempo de abertura também deve ser apresentado no seu plano.

O custo para montar uma padaria depende do tamanho que ela terá. Portanto liste todos os produtos necessários, e pesquise o preço médio de cada item. 

O marketing e a divulgação do seu negócio também devem estar sendo apresentados no seu plano de negócio.

A captação de clientes é um ponto importante, e recomendamos que você inicie as suas atividades nesse aspecto do seu negócio durante o processo de construção.

O ideal é que você tenha clientes antes mesmo de abrir as portas. E para complementar, não se esqueça de fazer uma projeção realista para saber o retorno de todo o seu investimento.

O número do seu faturamento para atingir o break even (o equilíbrio entre os gastos e a arrecadação) também já deve ser apresentado — inclusive, recomendamos que você chegue a uma estimativa antes mesmo de definir o tamanho do seu empreendimento.

Um bom plano de negócios deve abranger todas as questões mais importantes da sua empreitada comercial.

Pessoas com experiência no ramo são indispensáveis, uma vez que o know-how pode encurtar todo o espaço da abertura até o lucro da sua empresa.
Contar com um sistema de gestão também é essencial.

O Hábil Empresarial é o software perfeito para isso. Descubra as funcionalidades que irão garantir que a realização da sua panificadora, seja um sucesso.

Como abrir uma panificadora?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *