Fiscal Gestão

Mudança da versão da NF-e 3.10 para 4.0: entenda!

Mudança da nf-e da versão 3.10 para 4.0

Já está de olho nas mudanças da NF-e 3.10 para 4.0?

Se você é gestor, gerente ou trabalha com o fiscal, comercial e financeiro de uma empresa, precisa ficar por dentro das alterações que ocorreram.

Quer conhecer todas as mudanças?

A NF-e 4.0 se encontra com um novo layout e as informações serão organizadas de modo um pouco diferente da versão 3.10.

Em abril de 2017 a receita federal realizou uma atualização na nota técnica e forneceu uma data limite para empreendedores: 2 de abril de 2018.

Todas as empresas têm até esta data para compreenderem a nova versão, já que a 3.10 será completamente desconstituída.

O que muda no dia a dia do gestor?

Os donos de negócios não precisam se preocupar tanto com essas modificações, pois elas são técnicas.

O importante é que as empresas que fornecem a tecnologia para a sua empresa estejam atentas a essa mudança.

Portanto, não utilize metodologias ultrapassadas e verifique as atualizações de seu software de gestão ou com sua contabilidade.

Desde o fim dos emissores fiscais, as transformações estão sendo constantes.

Quais as principais mudanças?

A nova NF-e 4.0 está utilizando o protocolo TLS 1.2 ou superior, dispensando a utilização do SSL como padrão de comunicação, como vinha acontecendo na 3.10.

Essa nova atualização garante uma maior segurança, o que não ocorria anteriormente por causa da vulnerabilidade do protocolo.

As regras de validação também passarão por modificações em atendimento a novos controles e campos.

Observando o conteúdo da NF-e 4.0 é importante prestar atenção no Fundo de Combate à Pobreza (FCP) previsto pela Constituição Federal.

Ele ganha recursos vindos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Agora, o campo que indica a forma de pagamento possui um grupo de informações a respeito.

Este campo preenche o valor de troco e ainda vem detalhado o meio de pagamento utilizado, como: dinheiro, cartão de crédito, débito, cheque, vale de alimentação, entre outros.

E ainda tem mais diversas novidades!

No grupo de identificação da NF-e, o campo Indicador de Presença (indPres) agora possui a alternativa 5, que corresponde a “operação presencial”.

Você pode utilizar este campo caso a venda for ambulante, fora da empresa.

O grupo de rastreabilidade de produto que antes não existia, agora se encontra na NF-e 4.0 e sua função é apresentar informações que permitem rastrear os produtos que estão sujeitos a regulação sanitária.

Por fim, se caso o produto se tratar de medicamentos, o código da Anvisa precisa ser informado em um campo específico que só está disponível nessa atualização da NF-e.

As mudanças são simbólicas, mas importantíssimas para o dia a dia do empreendedor e gestor.

Converse com o suporte do seu software de gestão e esteja preparado para todas as mudanças.

A Hábil Empresarial conta com módulos fiscais completos para a sua gestão. Conheça!

Você pode gostar
O-que-você-espera-do-Marketing-Digital
O que você espera do Marketing Digital?
4-dicas-de-organização-para-aplicar-no-trabalho
4 dicas de organização para aplicar no trabalho

Deixe o seu comentário para

Seu comentário*

Nome*
Website