O dono ou gestor de uma empresa toma diversas decisões todos os dias, essa é uma das suas principais atribuições. Porém, essas decisões estratégicas não podem ser feitas de forma aleatória, é preciso baseá-las em dados e experiências anteriores. 

E para que você não tome decisões equivocadas, que tragam prejuízos ou mesmo comprometimento da imagem da sua empresa, elaboramos este conteúdo, que explica o que é e como tomar as melhores decisões para o seu negócio. Boa leitura!

O que são decisões estratégicas

As decisões estratégicas são as principais decisões tomadas no que diz respeito à direção da empresa. Elas são baseadas em dados e sempre consideram o melhor para o negócio.

Seguir a intuição é importante em alguns casos, mas não pode ser o único guia de um gestor. Quando se trata de tomar decisões estratégicas é preciso ter cuidado ou a intuição pode se tornar uma inimiga.

No mais, um gestor jamais deve tomar decisões por impulso. É preciso sempre avaliar todas as opções, refletir sobre as consequências que cada uma das alternativas pode trazer e verificar os fatos antes de fazer a melhor deliberação para um determinado problema.

Aqueles que tomam decisões impulsivas, sem analisar todo um contexto, podem prejudicar a equipe, a empresa e perder grandes oportunidades de negócio.

Qual a importância das decisões estratégicas para um negócio

A possibilidade de fracasso é muito menor quando você toma decisões estratégicas baseadas em informações, dados e técnicas de gestão. 

Assim, decisões estratégicas são importantes para a sobrevivência e o crescimento do negócio. Qualquer erro e decisão equivocada pode comprometer a saúde financeira do negócio, principalmente em períodos de recessão econômica. 

Tomar decisões estratégicas, que afetarão diretamente o desempenho da empresa, se tornou um grande diferencial em um mercado cada vez mais competitivo e incerto.

big-data-TI
big-data-TI

3 dicas que ajudam na tomada de decisões estratégicas

Confira algumas dicas que podem ter ajudar a tomar decisões estratégicas acertadas: 

1. Use um software de gestão

Decisões estratégicas são importantes para o negócio, mas elas só acontecem quando há acesso a dados e informações, afinal se trata de um processo complexo e que envolve diferentes variáveis.

Para isso, é preciso ter ferramentas e capacidade analítica para filtrar, organizar, processar e interpretar os dados necessários para a tomada de decisão. E é aí que entra o software de gestão.

Com ele é possível reunir dados de diferentes áreas (vendas, estoque, finanças, produção etc.) e tê-lo sempre acessíveis e atualizados em um só lugar, o que facilita o processo decisório.

2. Análise relatórios de resultados

Os relatórios são uma ferramenta fundamental para verificar e analisar os dados. Por meio deles é possível antecipar tendências e identificar falhas em procedimentos e rotinas e, assim, tomar decisões mais assertivas. Uma decisão jamais deve ser tomada com base em achismos ou na percepção individual de uma pessoa.

Por exemplo, relatórios financeiros trazem informações sobre o fluxo de caixa e com isso fica muito mais fácil tomar decisões relacionadas a expansão dos negócios, despesas, receitas, investimentos etc. 

3. Defina as metas de curto, médio e longo prazo

Outra dica importante no que diz respeito às decisões estratégicas é sempre pensar nas metas de curto, médio e longo prazo. Assim, todos na empresa se comprometem a trabalhar para conseguir alcançar os objetivos estabelecidos e todas as decisões são tomadas com base nisso. 

Toda e qualquer decisão deve estar alinhada com as metas do negócio, se isso não acontecer é sinal de que a empresa está desviando do seu foco. 

Esperamos que este artigo sobre decisões estratégicas tenha sido bem útil para você. E para ver mais conteúdos interessantes, que ajudam na gestão do seu negócio, não deixe de acompanhar as publicações aqui, no blog da Hábil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *