7 erros que levam à baixa lucratividade

Se a sua empresa está no vermelho, você pode estar tendo atitudes e tomando decisões que prejudicam a boa gestão do negócio e resultam em baixa lucratividade. 

Para ajudar a mudar esse cenário, neste artigo nós listamos sete dos principais erros que podem prejudicar a saúde financeira de um negócio. Veja quais são eles e como deixar de cometê-los. Boa leitura!

1. Não separar as finanças pessoais das da empresa

Um dos motivos mais comuns para a baixa lucratividade dos negócios é, sem dúvidas, não separar as finanças pessoais das contas da empresa. 

Especialmente em empresas de pequeno e médio porte, é frequente que donos e gestores paguem dívidas da pessoa física com valores da pessoa jurídica, e vice e versa. É comum também que nessas empresas pessoa física e pessoa jurídica tenham uma só conta bancária: um grande erro que corrói as finanças do negócio.

Para garantir a saúde financeira de uma empresa é preciso preservar seu capital de giro, evitando retiradas indevidas. Só assim o negócio pode crescer de forma sustentável  

2. Não conhecer os custos do negócio

Não saber quais são os reais custos de operação do seu negócio implica em sérios problemas e prejuízos para a empresa, principalmente porque impacta na tomada de decisão. 

Para evitar a baixa lucratividade e impedir que sua empresa opere no vermelho é fundamental conhecer muito bem quais são os gastos fixos e variáveis para manter o negócio funcionando. Só assim você poderá, por exemplo, precificar corretamente seus produtos e serviços e garantir uma boa margem de lucro. 

3. Não controlar o fluxo de caixa

A falta de controle do fluxo de caixa deixa o dono do negócio às cegas, sem saber por onde entra e como sai o dinheiro da empresa. E isso impossibilita a boa gestão financeira. 

O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais importantes da administração de qualquer empresa. E para fazê-lo bem feito é fundamental manter registros atualizados de todas as entradas e saídas de dinheiro. Uma forma de facilitar esse controle é automatizando os lançamentos através do uso de um sistema de gestão. 

4. Não fazer gestão de estoque

O não gerenciamento de estoque pode causar sérios problemas e ser o motivo da baixa lucratividade da empresa. Em compensação, se feito de forma correta, ajuda a economizar dinheiro e garante que você ofereça uma boa experiência de compra para os clientes.

Vale lembrar que para uma gestão de estoque eficiente é muito importante implementar também a realização do inventário de estoque, prática que ajuda a controlar as entradas e saídas de produtos e saber exatamente aquilo que a empresa tem armazenado.

5. Fazer precificação de forma incorreta

Vender produtos e serviços com preços que não cobrem os gastos da operação da empresa, ou que são tão altos que afugentam a clientela são erros que, com frequência, impactam a lucratividade dos negócios. 

Para colocar preços corretos naquilo que a sua empresa vende, é preciso considerar diversos fatores e escolher a melhor metodologia para o seu tipo de negócio. Você pode aprender como fazer isso de forma eficiente lendo nosso artigo Entenda como a precificação correta ajuda a melhorar a lucratividade do seu comércio

6. Não dar atenção à experiência do cliente

Muitos donos de empresas ainda ignoram a importância da experiência de compra para o sucesso e a lucratividade do negócio. E isso é um grande erro.

Garantir bom atendimento e uma experiência que seja capaz de conquistar e fidelizar o cliente é fundamental para que sua empresa ganhe mercado. Por isso vale investir em tudo o que agrada o cliente, desde atendimento cortês e facilidade de pagamento até automações e inovações que facilitem a vida do consumidor.

7. Não investir em tecnologia

Se negar a investir em tecnologia, acreditando que esses custos são gastos desnecessários é outro erro que tem forte impacto na lucratividade de um negócio. 

Em um mercado cada vez mais conectado e dependente de recursos tecnológicos, uma empresa que se nega a fazer parte da revolução digital sofre com baixa produtividade, alta rotatividade de colaboradores, aumento de concorrência e perda de clientes. 

Considere que investir em tecnologia muda completamente a maneira como você faz negócios, interage com consumidores, gerencia seus funcionários e como lida com os dados.

Agora que você conferiu essa lista de erros que podem causar baixa lucratividade na sua empresa, esperamos que você siga nossas dicas para evitá-los. Para ver outros conteúdos que ajudam na gestão do seu negócio, acompanhe as publicações aqui, no blog da Hábil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *