Financeira Gestão Produtividade

Gestão Estratégica x Planejamento Estratégico

gestão-estratégica-x-planejamento-estratégico

Gestão estratégica e planejamento estratégico são dois termos muito usados no dia a dia do empreendedor.

Seja em pequenas ou grandes empresas, ambos são importantes para uma rotina mais prática e uma equipe mais harmoniosa.

Mas você sabia que estes termos não significam a mesma coisa?

Por mais que ambos sejam relacionados à planejamento e execução de estratégias, há diferenças!

Quer conhecer mais sobre o assunto? Então continue lendo esse post e descubra:

O que é Gestão Estratégica;

O que é Planejamento Estratégico;

Quais são os principais desafios envolvendo essas duas áreas.

Confira!

O que é Gestão Estratégica?

A gestão estratégica tem por objetivo criar e incentivar ações que levam ao sucesso do negócio.

Podemos chamar esses objetivos de metas. Aumentar o lucro, melhorar o atendimento, melhorar a imagem da marca podem ser algumas delas.

Na gestão estratégica há a definição desses objetivos, bem como a análise de toda a organização para implantar e acompanhar as ações até que eles sejam alcançados.

Ela é esse gerenciamento de recursos, equipe, dia a dia para que a empresa toda alcance os objetivos estipulados.

Inclusive, podemos dizer que a gestão estratégia é um dos pilares do planejamento.

Para que a gestão estratégia ocorra ela precisa passar por quatro etapas fundamentais. São elas:

Formulação estratégia

Nesse primeiro momento é feito o reconhecimento do mercado, pontos fortes, pontos fracos, produtos ou serviços, público-alvo e personas da empresa.

A partir dessas informações, é possível elencar os conceitos do planejamento estratégico que serão mostrados a seguir (missão, valores, visão e etc).

Direcionamento

A segunda etapa para ao desenvolvimento de uma boa gestão estratégica é o direcionamento. É nesse momento que você irá definir qual o caminho que a sua empresa deseja seguir.

Ou seja, o que ela deseja realmente vender, qual será o valor cobrado por isso, em qual segmento ela irá atuar, como ela irá se destacar.

Esses dados também serão úteis para que as ações sejam definidas no planejamento estratégico.

Gerenciamento

Uma vez que a gestão tenha sido formulada e gerenciada, chega o momento de definir metas bem como indicadores que auxiliem a sua empresa a saber exatamente até onde ela deseja chegar.

Basicamente essa etapa tem como objetivo definir a meta do empreendimento. Mais do que isso, serão definidos os indicadores para verificar quando as ações que serão colocadas em prática posteriormente, chegaram aos resultados desejados.

Alinhamento

Na próxima etapa da gestão estratégia será feito o alinhamento de tudo. Nesse caso, em um sentido mais tático, transformar a visão do seu negócio em algo projetado e que possa ser colocado em ação.

Como cada departamento e colaborador poderá contribuir para que a meta estabelecida seja atingida? Esse é um momento que a prática entra em vigor.

Isso porque tudo precisa ser alinhado, até mesmo o setor operacional.

Execução de estratégia

Ocorre a gestão estratégia sai do papel. E então, começa a ser colocada em prática tudo o que foi definido no planejamento estratégico.

Ele servirá de guia para o seu negócio, de modo a indicar quais as ações que precisam ser feito para que o seu objetivo central seja alcançado. Uma das questões importantes dessa etapa é a geração de relatórios.

Eles são indispensáveis, pois, serão a fonte de dados sobre a eficácia ou não das ações do planejamento estratégico.

Revisão

Esse é um passo que vem logo depois do planejamento estratégico ser colocado em prática. Nessa etapa, será feita uma análise completa sobre o desempenho da empresa.

As ações do planejamento estratégico serão avaliadas para verificar-se os resultados. com base nisso poderão ser feitas alterações, de modo que elas sejam cada vez mais eficazes.

É nesse momento, também, que a empresa irá verificar se as metas foram batidas. Caso isso tenha ocorrido, novas metas serão estabelecidas, com base nas informações geradas.

Após essa etapa o ciclo irá se reiniciar. Afinal de contas, a empresa precisa estar constantemente se atualizando e melhorando seus objetivos, e assim, garantir a competitividade.

O que é Planejamento estratégico?

Já o planejamento estratégico é como um segundo passo. É a formalização da gestão estratégica.

O planejamento é realizado por gestores e equipe. A gestão cria as metas e o planejamento pensa em como colocá-las em prática.

Planejamento Estratégico é um processo gerencial que diz respeito à formulação de objetivos para a seleção de programas de ação e para sua execução, levando em conta as condições internas e externas à empresa e sua evolução esperada.

Diferenças

Como comentamos, ambas as ferramentas são importantes para sua gestão.

Quem já trabalha na área, sabe o quanto é difícil manter as métricas e desafios. Por isso a utilização de um planejamento e uma boa execução se faz necessária no auxílio do dia a dia.

Gestão e planejamento estratégico no dia a dia são usados para mostrar resultados, oportunidades, apontando riscos e fornecendo relatórios.

A diferença entre gestão estratégica e planejamento estratégico é que a gestão é feita por gestores em uma empresa.

A gestão estratégica é para aquele momento onde se deve analisar cada setor da empresa, definir as ações e monitorar cada uma delas.

Isso dá a flexibilidade no planejamento. As empresas que só utilizam o planejamento estratégico, tendem a ter menos liberdade na hora de planejar.

O plano estratégico é a consolidação de ideias, preparando os objetivos e programas de ação para a execução.

A gestão estratégica irá implementar o plano, objetivando melhores resultados, reformulando e reajustando com frequência todo o plano, visando sempre alavancar os negócios.

E então, entra o planejamento para colocar metas, objetivos e um período de ação.

Veja algumas etapas do planejamento:

Missão: O objetivo, a finalidade, mas também o ponto de partida. Serve de guia para todo o planejamento.

Visão: Algo que se acredita que possa ser real, é para onde a empresa deseja ir, qual o futuro? se alinhar a uma multinacional, ou a alguma organização.

Valores: Cultura da empresa, os valores dela, tradições, um conjunto de princípios que a empresa construiu na percepção dos clientes.

Objetivos: Traduzem os resultados a serem atingidos, como objetivos mensuráveis, específicos, alcançáveis, realistas e temporais. Quando os objetivos atingem as características acima geram vantagens no planejamento.

Estratégias: São descritas com base nas análises dos setores, priorizando o objetivo principal.

Portanto o planejamento estratégico deve ser executado e alinhado com a missão e os valores da empresa.

Uma empresa com um bom plano estratégico consegue crescer e ganhar espaço no mercado de forma rápida.

Quais são os principais desafios da gestão e planejamento estratégico

Tanto a gestão, quanto o planejamento estratégico possuem seus desafios. Afinal de contas, ambos os conceitos estão diretamente ligados às ações e desempenho das empresas.

Confira abaixo alguns dos principais desafios envolvendo essas duas áreas e veja também o que deve fazer para superá-las:

Monitoramento

Um dos principais desafios da gestão e planejamento estratégicos é o monitoramento de resultados. Esse monitoramento é indispensável dentro da organização, tendo em vista que ele permite uma melhor avaliação acerca da eficácia das ações aplicadas na corporação.

Logo, é essencial que a empresa tenha ferramentas de monitoramento. Uma das melhores alternativas são os softwares de gerenciamento, que são sistemas desenvolvidos justamente para essa finalidade.

Sincronia entre colaboradores e equipes

Mais um dos desafios é o trabalho conjunto entre colaboradores e equipes.

Para que as ações sejam realmente eficazes, todos precisam trabalhar de forma sincronizada.

E para que isso ocorra os gestores precisam realizar reuniões e treinamentos periódicos.

Assim, todos os funcionários saberão exatamente quais são as metas estabelecidas pela empresa, bem como aquilo que precisa ser feito para que elas se tornem realidade.

Otimização de processos e recursos

Toda empresa precisa ter como uma das metas a otimização de recursos e processos.

Quando você gasta menos para produzir mais, automaticamente os seus resultados melhoram. Inclusive, isso acaba tornando os empreendimentos mais preparados para momentos de crise.

E para que isso aconteça, a empresa precisa identificar quais são os gastos e operações consideradas desnecessárias, para somente então promover a sua remoção do hall de operações e despesas da empresa.

Nesse caso, tanto a gestão como o planejamento estratégico também precisam ter como foco o gerenciamento eficaz de recursos e processos.

Implantação de soluções para otimizar a gestão e planejamento estratégicos

Muitos empreendedores ainda relutam em implantar soluções que otimizam a gestão e o planejamento estratégico de suas empresas.

Isso é um erro, principalmente levando em conta que essas duas áreas são consideradas os grandes pilares que sustentam qualquer negócio.

E para se manter competitivo no mercado, é preciso investir em melhorias envolvendo cada uma delas.

Muitos empreendedores consideram inviável esse tipo de investimento , pois acreditam que o custo nesse caso é bastante elevado.

No entanto, é preciso levar em conta o retorno a longo prazo que esse investimento é capaz de proporcionar.

Apesar do investimento inicial ser maior, a economia que essas soluções podem gerar a longo prazo, bem como as melhorias que elas irão proporcionar nos serviços, gerando mais rentabilidade para o negócio, com certeza compensa o investimento realizado.

Mas é preciso ter em mente que, para que uma gestão e planejamento inteligentes, são necessárias as ferramentas adequadas.

Desde software para monitoramento de ações, até soluções para aproximar os colaboradores e equipes.

Acompanhamento constante

Em relação a gestão e planejamento estratégico, o acompanhamento constante é um dos maiores desafios para muitos empreendedores.

A verdade é que os gestores precisam estar lado a lado dos colaboradores para que tudo ocorra bem.

Até porque, é preciso levar em conta que o mercado tem um ritmo muito mais acelerado nos dias de hoje.

Logo, um planejamento feito no início do ano, pode precisar ser atualizado apenas 3 meses depois, para conseguir atender todas as demandas da empresa.

Percebemos que o planejamento estratégico, juntamente com a gestão estratégica, auxilia a empresa a estudar o futuro.

Consistem em saber o que deve ser executado e de que maneira deve ser executado.

Isso será crucial para o sucesso da sua organização!

Gestão Estratégica x Planejamento Estratégico

Você pode gostar
Como fazer o balanço patrimonial
Benefícios do controle financeiro empresarial

Deixe o seu comentário para

Seu comentário*

Nome*
Website