Financeira Gestão

Dicas para melhorar o setor financeiro da sua empresa

Gestor fazendo balanço do setor financeiro

Para que o setor financeiro da sua empresa se mantenha sempre bem organizado, alguns cuidados precisam ser tomados para que o controle não seja perdido.

Gerenciar o fluxo de caixa de maneira correta é uma das dicas fundamentais para que o seu negócio seja conduzido com foco em alcançar o sucesso.

Confira algumas dicas que podem ser colocadas em prática sem muitos gastos e, lhe ajudar a manter sua gestão em ordem.

Tenha o controle de tudo

Controlar o que entra e sai da sua empresa e analisar com cuidado o fluxo de caixa de sua empresa, é essencial para não se perder nas contas.

Mantenha o registro de tudo, juntamente com as datas. Assim, nada sai da sua vista e o seu setor financeiro é melhorado.

Considere também realizar uma análise de tudo o que é investido em seu negócio, isso lhe ajudará a desenvolver um senso crítico em relação a todos os processos da empresa.

Manter esse controle o resguardará de muitos prejuízos presentes e futuros, também facilitando no momento da criação de novas estratégias e planejamentos.

Mantenha sempre um planejamento estratégico

Você precisa ter uma visão interna e externa do seu negócio para que assim, o planejamento estratégico da sua empresa seja bem executado e as suas metas atingidas.

Com esse planejamento, os seus recursos e esforços serão direcionados para o que realmente interessa, trazendo o retorno que você precisa para continuar com os seus objetivos.

Existem muitas formas de fazer esse planejamento, começando por respostas simples, como:

  • Quando?
  • Como?
  • Por quê?
  • De que maneira?

Corte os gastos desnecessários

Diminuir, ou até mesmo dar adeus, a todos os gastos que não são necessários pode ser bem rentável para o seu negócio.

Analise a diferença entre custos, despesas e perdas e saiba o que precisa ser cortado para que o seu foco fique sempre no que é realmente importante para o seu empreendimento.

Nem sempre o que se deseja é necessário não é mesmo? Então, para cortar despesas comece detectando-as.

Coloque no papel todas as despesas pagas, por mais simples que ela seja.

A partir disso, fica mais fácil saber o que é necessário manter e o que pode ser descartado, os resultados podem lhe surpreender!

Invista em treinamento

Pode parecer contraditório dizer que investir pode lhe trazer redução de custos, mas vamos pensar nisso com mais calma.

Há muitas formas de capacitação para colaboradores em que você não vai gastar muitos.

Mas o fato é que: funcionários treinados têm menos chances de cometer erros e são mais produtivos, trazendo melhores resultados para sua empresa.

Ter uma base de colabores devidamente instruídos também gera uma vantagem competitiva entre seus concorrentes.

Se seu negócio se destaca, maior probabilidade de atrair um número maior de clientes, levando-o a atingir maior lucratividade

Outro fator é que treinamentos reduzem as chances da saída de funcionários, e assim, você pode reduzir os custos com rotatividade, por exemplo.

Faça Controle de Estoque

Controlar a entrada e saída de mercadorias do estoque é essencial para uma gestão de sucesso.

Busque reduzir as quantidades de produtos adquiridos e aumente seu capital de giro.

Esse é o ponto de partida para conseguir atender a demanda do mercado e, ao mesmo tempo, proporcionar um bom atendimento à sua clientela, consequentemente atingindo maior lucratividade.

Para que isso aconteça de forma efetiva, crie um padrão para a realização do controle do estoque.

Isso porque em caso de realizá-lo em períodos muito espaçados, podem vir a ocorrer perda de dados ou registros referentes a movimentação do estoque.

Portanto, o recomendado é que você realize esse processo em períodos curtos, seja de forma diária ou semanal.

Assim fica mais fácil identificar possíveis problemas e evitá-los.

Realize cobranças severas

Para que seu negócio sobreviva, é necessário receber. Procure analisar com cuidado para quem realmente traz retorno por seus serviços prestados.

Ao iniciar suas cobranças, deixe claro alguns procedimentos como: Data de cobrança; Dados do responsável (email ou telefone); Regras para o cálculo dos juros ou multa ao devedor.

Pessoas não gostam de ser cobradas, portanto, vá direto ao ponto e seja firme na forma de abordá-las.

Sempre analise o histórico do cliente, e procure adequar a abordagem.

Mantenha seus pagamentos em dia

É importante para saúde financeira do seu negócio cumprir prazos para pagamento de taxas ou impostos, do contrário você pode vir a pagar multas de valores consideráveis.

Pode não parecer, mas pequenos atrasos acumulados podem lhe render uma grande dor de cabeça para quitá-los.

Então, organize seus pagamentos de forma que suas sejam pagas antes da data limite.

Há muitas forma de manter esse controle, como um sistema de gestão que lhe auxilie nesse processo, por exemplo.

Obtenha um software de gestão

Para que o seu fluxo de caixa seja organizado e você consiga todas as informações sempre que for necessário, o ideal é que um software de gestão financeira seja implantado na sua empresa.

Com ele, você conseguirá manter um maior controle do desempenho da sua equipe e também terá uma visão melhor e maior dos seus negócios, visando sempre a melhoria.

O Software pode lhe auxiliar no controle financeiro por entregar com facilidade um relatório completo sobre o histórico de faturamento, despesas, contas a pagar, e assim, monitorar com facilidade todos os processos da empresa.

Por isso, o essencial é que você contrate esse serviço. Você pode testar o Hábil Empresarial Gratuito.

Finanças pessoais X Finanças empresariais

Muitos gestores de pequenas e médias empresas cometem um grave erro: utilizam o caixa da empresa para quitar as suas dívidas pessoais.

Isso é comum, porém, essa atitude é tão errônea que pode até mesmo levar a empresa a falência com a perda do controle do caixa e, por isso, não deve ser feito.

Estabeleça um valor fixo para que seja retirado por você mensalmente como salário e não se perca no meio das suas finanças.

Com certeza, depois dessas 5 dicas valiosas você já está pronto para melhorar o setor financeiro da sua empresa e o seu processo gerencial, não é mesmo?

Portanto, corra e coloque tudo em prática o mais rápido possível e obtenha o sucesso desejado!

 

CTA gestor atuando no setor financeiro

Você pode gostar
Qual-solução-Hábil-Empresarial-usar
Qual solução Hábil Empresarial usar?
Como e onde abrir o seu negócio!

Deixe o seu comentário para

Seu comentário*

Nome*
Website