Financeira Gestão

Controle financeiro para MEI: Saiba mais sobre esse assunto

Controle-financeiro-para-MEI

Um Microempreendedor Individual (MEI) é geralmente o tipo de empresário que está começando a sua carreira!

Seja abrindo um estabelecimento do zero, ou até mesmo se profissionalizando naquele negócio que está na família há várias gerações, algo que sempre marca as iniciativas desse tipo de administrador é a falta de experiência.

Por isso, uma das formas para começar a empreender do jeito certo é contar com um bom controle financeiro para MEI.

Se você é um MEI e deseja fazer com que o seu negócio cresça ainda mais, saiba que ter um controle financeiro eficiente é, sem dúvida alguma, algo que não deve faltar no seu empreendimento.

Por que ter um controle financeiro para MEI?

Essa é uma dúvida comum a muitos microempreendedores, afinal de contas, se eu tenho um faturamento não muito expressivo, deve ser fácil organizá-lo!

Se você também pensa assim, talvez seja hora de parar e refletir um pouco sobre o seu negócio!

Olhe para o seu estabelecimento agora e pense: foi isso que você sempre sonhou? A sua loja ou qualquer outro tipo de local está atendendo às suas expectativas?

Se a resposta para uma dessas perguntas é negativa você acaba de encontrar um motivo para ter um controle financeiro mesmo sendo MEI!

Mas como fazer um controle financeiro para MEI?

Confira a seguir algumas dicas básicas, porém eficientes para ter um melhor controle financeiro mesmo sendo MEI e a partir disso comece a obter resultados melhores com o seu microempreendimento.

Dicas de básicas de controle financeiro

Antes de mais nada, você precisa ter certeza de que se encaixa nas diretrizes do programa MEI, isto requer que:

  • O seu faturamento anual não ultrapasse os R$ 60.000,000 (ou R$ 5.000,00 mensais);
  • Você tenha no máximo um (1) funcionário contratado, recebendo o piso salarial da categoria, ou o equivalente a um (1) salário mínimo vigente.

Caso você se enquadre dentro dos requisitos citados acima, a primeira dica para começar a ter um controle financeiro eficiente consiste em não misturar as finanças pessoais das finanças do seu negócio.

Esse é um erro clássico cometido pela maioria dos microempreendedores e que pode levar o seu negócio ao fracasso.

Além disso, outra dica que pode ajudá-lo a ter um melhor controle financeiro para o seu negócio é procurar registrar todas as entradas e saídas financeiras. Por menor que seja o valor recebido ou pago, é interessante você manter esse controle.

O controle financeiro para MEI vai muito além de pagar as contas em dia. É preciso encontrar e eliminar gastos desnecessários, e por outro lado investir naquilo que agregue valor ao seu negócio.  

Sabemos que todas as áreas são vitais em um negócio, e atuando como microempreendedor fica difícil dispensar atenção com qualidadcapaebooke para cada uma das áreas, afinal, você pode contratar no máximo um funcionário e a responsabilidade sobre todas as áreas acaba caindo sobre suas costas.

O controle financeiro para MEI é um fator que deve ser levado em consideração, pois é através desse controle que você pode melhorar cada vez mais os resultados do seu negócio. Fica a dica.

 

Você pode gostar
Mudança da nf-e da versão 3.10 para 4.0
Mudança da versão da NF-e 3.10 para 4.0: entenda!
4​ ​dicas​ ​de​ ​organização​ ​e​ ​gestão​ ​para​ ​sua​ ​loja de​ ​autopeças

Deixe o seu comentário para

Seu comentário*

Nome*
Website