Lucratividade Negócios Produtividade

O que são os KPI’s e como aplicar em sua empresa?

O que são os KPI's e como aplicar em sua empresa?

Você sabia que existem várias métricas que podem ser utilizadas para verificar o desempenho do seu empreendimento?

Para que o seu negócio decole, é importante ficar de olho nos números.

Os KPI’s (Key Performance Indicators, ou indicadores de desempenho, no português) são conjunto de métricas que ajudam os gestores e empresários a controlar o negócio, garantindo o máximo de eficiência e resultados.

Alcance melhores resultados ao implementar métricas poderosas à sua empresa. Ganhe tempo, reduza custos, aumente a receita bruta e melhore o posicionamento da sua marca no mercado.

Como? Conhecendo e analisando os KPI’s.

Nesse artigo vamos explicar o que são esses indicadores, mostrando como eles funcionam e como aplicar ao seu negócio.

O que são KPI’s?

Os indicadores de desempenho, também conhecidos como KPI’s são formados a partir da junção de duas ou mais métricas. Elas permitem ao empresário conhecer melhor o negócio, a partir dos resultados já alcançados.

Através dos KPI’s é possível pensar estratégias poderosas, sejam elas corretivas ou preventivas, visando melhorar os níveis e a performance do negócio.

Essas métricas se diferenciam das métricas tradicionais.

Isso, pelo fato de serem compostas por vários indicadores de uma só vez. Essa junção de variáveis permite aos gestores chegar a resultados muito mais precisos.

Exemplo de indicador de desempenho é a taxa de conversão. Em uma empresa, as vendas constituem um dos grandes objetivos.

Você sabe dizer quantos clientes precisam passar pelo seu negócio para que uma venda seja concluída?

A taxa de conversão diz respeito à eficiência do seu processo de venda para atrair clientes e fazer com que eles realizem uma compra.

Quanto mais elevada a taxa de conversão, melhor. Significa que você consegue vender facilmente, o que resulta em lucro e redução de custos.

Outro indicador importante é a taxa de rotatividade, chamado turnover. Trata-se de um índice interno, que serve para identificar a qualidade do ambiente de trabalho.

Quantos colaboradores atuam na sua empresa? Quantos deles são novos? Com que frequência é preciso contratar novos colaboradores para suprir lacunas deixadas por funcionários que, por algum motivo, se afastaram da empresa?

Um alto nível de rotatividade pode ser sinal de um ambiente de trabalho ruim, salários baixos, complexidade operacional e falta de motivação.

Esse indicador é útil para medir o nível de satisfação dos colaboradores com o ambiente de trabalho e as condições a que são submetidos no dia a dia.

Como usar esses índices?

Para utilizar os índices de desempenho no seu negócio é fundamental conhecer cada um deles e saber como eles funcionam. Isso porque cada indicador é utilizado para determinada finalidade.

Existem indicadores de conversão, indicadores de qualidade de atendimento, indicadores de retenção e captação de clientes, indicadores de fidelização, indicadores de tempo médio de atendimento, de rejeição e muito mais.

Você não precisa adotar todos os indicadores, bastando implementar aqueles que estejam relacionados com o seu negócio e com as suas necessidades.

Vale a pena contar com um time de colaboradores treinado e capacitado para realizar a análise dos dados obtidos, além de pensar estratégias a partir dos resultados.

Como medir performance a partir deles?

Tão importante quanto analisar os índices através dos KPI’s é medir a performance da empresa a partir deles. Os dados colhidos de nada adianta quando não são analisados de maneira correta.

Como medir a performance da sua empresa? Existem diversos indicadores de desempenho, cada um deles utilizado para determinada função e determinado objetivo.

Para determinar a performance da sua empresa a partir dos indicadores é preciso fazer uma análise conjunta dos dados.

Cruze as informações para obter outros indicadores, capazes de revelar os níveis de qualidade do seu negócio.

Lembrando que resultados negativos nos índices de desempenho indicam que algo está indo mal na sua empresa.

Alta rotatividade, baixa taxa de conversão, tempo elevado de atendimento, pouca retenção de clientes e baixa capacidade de captação de clientes são resultados que devem ser contornados a partir de estratégias poderosas de gestão.

O gestor ou empresário devem utilizar os dados relativos à performance para criar estratégias, estabelecendo metas e objetivos de curto, médio e longo prazo para alcançar resultados mais significativos.

É importante explorar sempre os indicadores, comparando os resultados de cada períodos para acompanhar a eficiência das estratégias implementadas.

Você pode gostar
4 razões para fazer um planejamento que aumente a produtividade
O-que-é-Fluxo-de-Caixa
O que é Fluxo de Caixa?

Deixe o seu comentário para

Seu comentário*

Nome*
Website